Cirurgias

O HOF está preparado para melhor atendê-lo, com uma estrutura de qualidade para realizar diversos procedimentos cirúrgicos, desde o mais simples até o mais complexo com total segurança.

»Ectrópio

O ectrópio palpebral refere-se a uma condição na qual a margem palpebral, comumente a inferior, se distancia de sua posição anatômica normal, que é em contato com a conjuntiva bulbar, passando a ficar evertida, ou seja, a pálpebra vira para o exterior, deixando a superfície interna exposta. Realiza-se correção cirúrgica.

» Anel de ferrara

O Anel de Ferrara é um dispositivo médico implantável no estroma corneano, para a regularização da deformação na córnea – causada por patologias do tecido – e para a correção ou diminuição de erros refracionais associados.

» Correção de Dermatocalaze

Cirurgia que elimina o excesso de pele e gordura, amenizando as pálpebras caídas, que causam o aspecto envelhecido e cansado dos olhos.

» Correção de Estrabismo

Estrabismo é um tipo de alteração ocular que desalinha os olhos para direções diferentes e representa a perda do paralelismo dos olhos.

» Cirurgia Refrativa

É o procedimento que tem como objetivo corrigir erros refrativos (miopia, hipermetropia e astigmatismo) para reduzir ou eliminar a necessidade do uso de óculos e lentes de contato. A cirurgia pode ser feita pela aplicação de diferentes técnicas cirúrgicas. As mais utilizadas são o LASIK e o PRK.

» Entrópio

N entrópio, a pálpebra vira em direção aos olhos. Dessa forma, os cílios e a pele fazem contato direto com o globo ocular. Realiza-se correção cirúrgica.

» Enucleação

A enucleação consiste na remoção do globo ocular. Geralmente é colocado um implante ocular para obter um adequado volume e mobilidade.

» Evisceração

Evisceração consiste na extração do conteúdo do globo ocular (íris, humor vítreo), mantendo a esclera e em alguns casos a córnea. Neste tipo de cirurgias não se realiza o corte do nervo óptico e se coloca um implante ocular para manter um adequado volume e mobilidade.

» Dacriocistorrinostomia

Tratamento de obstruções das vias lacrimais.

» Facoemulsificação

A facoemulsificação é o método da cirurgia de catarata onde é realizada uma incisão na córnea para fragmentar e aspirar o cristalino doente que ocasiona as dificuldades em enxergar do paciente de catarata. Depois de retirado o cristalino é implantado uma nova lente intraocular que lhe fará enxergar com mais nitidez e sem ficar forçando muito a vista.

» Descompressão de Órbita

A descompressão de órbita compreende uma grande variedade de técnicas e tem como objetivo dar mais espaço para olho acomodar-se na órbita.

» Injeção Intravítrea

A injeção de medicamentos dentro da cavidade vítrea é o procedimento utilizado no tratamento de doenças da retina. A colocação de fármacos dentro do olho permite um tratamento mais efetivo de vários casos, como o edema da mácula, a retinopatia diabética, as obstruções vasculares e a degeneração macular relacionada à idade (DMRI).

» Iridectomia a Laser

Procedimento onde  se realiza uma passagem pela íris para melhor fluxo e, portanto drenagem do humor aquoso.

» Dacriocistectomia

Cirurgia para a extração da parede do saco lacrimal.

» Ptose

A ptose palpebral ou blefaroptose é uma doença, na qual o curso da pálpebra superior não ocorre de maneira normal, por uma disfunção congênita ou adquirida do músculo levantador da pálpebra, ou também descrita como a queda da pálpebra superior com a borda palpebral situada abaixo do nível normal. Varia desde uma queda discreta até oclusão total da fenda palpebral. Realiza-se cirurgia corretiva.

» Recobrimento Conjuntival

O recobrimento é utilizado para proteção de organelas oculares, as vezes  em  queimaduras extensas exigem esta atitude. Serve ainda para cicatrização de feridas (úlceras) que demoram para cicatrizar.

» Retinopexia (Introflexão Escleral, Profilática, Pneumática)

A retinopexia é a conduta de colar a retina. Na introflexão passa-se uma faixa epiescleral sob os músculos oculares extrínsecos horizontais e verticais.A profilática compreende a pexis por laserterapia ou crioterapia.A pneumática é com a colocação de um gás C6F8.

» Sondagem vias Lacrimais

Tratamento indicado para a obstrução nasolacrimal congênita (ONLC), que é a alteração mais frequente do sistema lacrimal da criança.

» Sutura de Conjuntiva

Conjuntiva é a camada transparente com pequenos vasos sanguíneos que recobre o globo ocular. Sutura conjuntival é a reconstituição da superfície através de pontos em casos de lesão ou cirurgia.

» Sutura de Córnea

Recupera a integridade da córnea no caso das suturas pós traumatismos, ou ainda a transparência da mesma por alguma doença ou lesão que gere opacidade corneana.

» Trabeculectomia

Consiste em criar um canal alternativo de drenagem do humor aquoso (líquido intraocular) para melhor controle da pressão ocular.

» Trabeculoplastia

Serve para reduzir a pressão ocular em alguns pacientes.

» Tumor de Conjuntiva

Exerese de tumor (benigno ou maligno) na conjuntiva.

» Vitrectomia

Vitrectomia é um procedimento cirúrgico que faz parte ou total remoção do humor vítreo – fluído que preenche o interior do olho. Com esta cirurgia é possível tratar diversas doenças oculares da retina e do vítreo.

» Xantelasma

É uma doença de pele que aparece como um conjunto de pequenas bolsas amareladas, aplanada ou ligeiramente elevada, situada nas pálpebras. Devido à degeneração adiposa das células do tecido conjuntivo, como deposito de pigmento. São retiradas por motivos estéticos.

» Pterígio

O pterígio é uma formação carnosa que avança sobre a córnea, geralmente do lado nasal. Trata-se de uma resposta do olho a um processo de irritação ocular crônica, em que a exposição à luz solar e ao vento têm um papel importante.

» Transplante de Córnea

O Transplante de Córnea é uma cirurgia que consiste em substituir uma porção da córnea (doente) de um paciente por uma córnea saudável, a fim de melhorar a visão (finalidade óptica) ou corrigir perfurações oculares (transplante tectônico).

» Calázio

A cirurgia de calázio é geralmente um último recurso no tratamento da doença. A cirurgia ou exerese de calázio consiste numa intervenção cirúrgica para a remoção de um pequeno quisto ou nódulo.

 

Entre outras

Orientações específicas para cada tipo de procedimento serão fornecidas pelo Setor de Orientação Cirúrgica, após avaliação do oftalmologista e indicação do procedimento que será realizado.