NOTÍCIAS

// VOLTAR

 
     
 

Mulheres são as principais vítimas da “síndrome do olho seco”

As mulheres têm se mostrado cada vez mais fortes e poderosas. E quando o assunto é saúde, elas estão muito à frente. A maioria cumpre rigorosamente as rotinas de consultas ginecológicas, exames regulares e clínicos gerais. Mas precisam acrescentar a essa lista um oftalmologista, afinal a “Síndrome do Olho Seco” vem atingindo mais mulheres do que homens.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a "Síndrome do Olho Seco", quando o globo ocular não está lubrificado o suficiente, afeta mais mulheres do que homens numa proporção de três para um. E os motivos que levam a incidência maior em mulheres vão desde uso de cosméticos, variações hormonais e até mesmo o uso prolongado de anticoncepcionais.

MENOPAUSA

Nesse período a mulher vai perdendo a capacidade reprodutiva e também ocorrem grandes alterações hormonais, o que afeta todas as funções do corpo. Isso acontece também com os olhos. Mesmo que ainda não seja claro o mecanismo que envolve os níveis de hormônios com a produção de lágrimas, o fato é que a redução dos níveis de estrogênio diminui a lubrificação dos olhos. Isso seria um dos principais fatores, aliado à mudança dos tecidos que também pode ocasionar a “Síndrome do Olho Seco”.

MAQUIAGEM

O primeiro cuidado é usar maquiagens de qualidade e nunca compartilhar os produtos. O uso inadequado pode causar danos à saúde dos olhos da mulher. Os cílios têm função de proteger os olhos. E como as maquiagens correm o risco de se soltar ao piscar, isso agride a superfície ocular, podendo causar um leve incomodo ou até mesmo uma séria conjuntivite, alergia, lesão e “Síndrome do Olho Seco”. Não podemos esquecer também a higienização e a retirada completa da maquiagem com produtos específicos e testados para a área dos olhos antes de dormir.

CONSEQUÊNCIAS

Os sintomas da “Síndrome do Olho Seco” são variados, causam sensação de ardência, lacrimejamento, irritação ou vermelhidão, já que a lágrima é essencial para lubrificação, nutrição e proteção das estruturas oculares externas, como córnea e conjuntiva. Como consequência, incomodo na região dos olhos ou até mesmo comprometimento da visão, o que vai prejudicar o dia a dia da mulher moderna.

 
     
 
     

 

.

UNIDADE FLORIANÓPOLIS
Servidão Missão Jovem, 38 - Centro
Florianópolis/SC - CEP 88020-025
Fone (48) 3212-0101
Resp. Técnico: Dr. Ernani Luiz Garcia - CRM/SC 4619 - RQE 1980

UNIDADE BIGUAÇU
Rua Hermógenes Prazeres, 79 - Sala 2 - Centro
Biguaçu/SC - CEP 88160-000
Fone (48) 3243-4575
Resp. Técnico: Dra. Eliane Cardoso dos Reis - CRM/SC 7833 - RQE 4687

 

PRONTO ATENDIMENTO
48 3212-0101
48 99819-0127
 

Acesse:


Desenvolvido por
Floripa Site

WWW.HOFPOLIS.COM.BR